sábado, 29 de dezembro de 2012

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

A panicar...

é assim que me tenho sentido nos  últimos dias.
Passados quase 7 meses voltei, finalmente, a ter emprego.
O facto de ser temporário não é coisa que me agrade particularmente, mas nos tempos que correm é bem melhor do que continuar em casa a estupidificar.
Por isso, conseguem imaginar como têm sido os meus dias...
Ele é empresa nova, colegas novos, novos procedimentos, novas funções, e basicamente os meus dias têm sido a tentar absorver tudo e mais alguma coisa. Aproveitar enquanto a pessoa que vou substituir temporariamente me passa toda a informação. 
O medo de falhar, é um pensamento que me aterroriza. No entanto, a vontade de dar o meu melhor é bem maior do que o medo de falhar.
Confesso que o facto de o ambiente ser muito bom, me tem ajudado imenso na integração.
Estranhamente, num departamente onde a maioria das pessoas são mulheres, à primeira vista, repito, à primeira vista, dão-se todas bem.
Os próximos dias não vão ser fáceis uma vez que estamos a trabalhar para o fecho do ano, mas o facto de me sentir de novo útil compensa qualquer sacrifício.
Mas isso já vocês imginam!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Back to reality

Pois é, o que é bom acaba depressa!
Uns dias no Porto para matar saudades dos amigos e da família.
Foi tempo de pôr a conversa em dia e de, finalmente, dar boas notícias. Assim, até dá mais prazer. 
 
Estou como nova!!


sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

O meu Pai Natal

chegou mais cedo e deixou-me no sapatinho o presente que eu mais queria: emprego.
Que mais posso eu querer?
Obrigada Pai Natal e ao meu Anjo da guarda (eu sei que estás sempre a olhar por mim).
Entretanto vou só ali até ao Porto passar uns dias e aproveitar para encher de mimo o sobrinho mai lindo do mundo!

Beijinhos e um Feliz Natal!!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Sorrir sempre, algo que se aprende com a idade :D


 e que deixa os outros baralhados!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Sim, eu sei ...


é muita preseunção da minha parte, mas tem dias que eu acho isto mesmo. Cada vez mais tenho real noção do meu valor enquanto pessoa e, sobretudo, enquanto mulher. É por isso que sinto imenso orgulho em mim mesma e pelo que vejo, pertenço a uma espécie em "vias de extinção". Como dizia o outro, se eu não gostar de mim, quem gostará?

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Mais uma moedinha..

... mais uma voltinha!
Bem, hoje é dia de mais uma entrevista... a ansiedade é muita e os nervos vão aumentando à medida que a hora se aproxima.
Digo sempre que a entrevista é só uma entrevista e vale o que vale mas,  inevitavelmente, a expectativa existe e depois é apenas mais uma desilusão.
Espero que desta vez, me engane.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Wise words

 "Pois lembre-se de que é quase impossível ter gestos suaves quando a alma está rígida."

(Clarice Lispector) 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

I got a real good feeling about 2013!


apenas isto. Aquela sensação due depois de um ano tão mau, tão mau .. o que me espera só pode ser um ano em cheio. Em todos os aspectos. É como diz aquele ditado: "sempre que choveu, parou"! Pois bem, eu já ando à procura do protector solar.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Desabafo


Enquanto uns pensam no fim do mundo eu cá prefiro pensar assim
O que acham? Bem melhor, não?

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Sim, eu confesso ...

sou uma tia babada e quanto a isso não há nada a fazer.
O meu sobrinho F. está um espetáculo.
Come que se farta, dorme que se farta, brinca que se farta e está um fala-barato. Repete tudo o que ouve, pena é que seja num dialecto que só ele percebe... mas já é um começo! E eu... bem, eu estou cada vez mais babada com este meu piqueno princípe.
Todos os dias recebo fotos e videos do pirata e como se fosse possível, o meu amor por ele é cada vez maior. É uma coisa que não se consegue explicar, mas é tão bom ...

Sem dúvida, das melhores coisas da vida!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Lazy sunday

se pudesse, era assim que eu passava o meu dia. Isto sim, é qualidade de vida!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Não sei se é da idade...

mas começo a deixar de acreditar em coincidências e começo a achar que são sinais...

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Ainda há Príncipes Encantados ... 

" ... A pessoa certa não é a mais inteligente, a que nos escreve as mais belas cartas de amor, a que nos jura a paixão maior ou nos diz que nunca se sentiu assim. Nem a que se muda para nossa casa ao fim de três semanas e planeia viagens idílicas ao outro lado do mundo.

A pessoa certa e aquela que quer mesmo ficar connosco. Tão simples quanto isto.
Às vezes demasiado simples para as pessoas perceberem.

O que transforma um homem vulgar no nosso príncipe é ele querer ser o homem da nossa vida. E há alguns que ainda querem.

Os verdadeiros Príncipes Encantados não têm pressa na conquista porque como já escolheram com quem querem passar o resto da vida, têm todo o tempo do mundo; ouvem-nos com atenção e carinho porque se querem habituar à música da nossa voz e entram-nos no coração bem devagar, respeitando o silêncio das cicatrizes que só o tempo pode apagar.
Podem parecer menos empenhados ou sinceros do que os antecessores, mas aquilo a que chamamos hesitação ou timidez talvez seja apenas uma forma de precaução para terem a certeza que não se vão enganar.

O Príncipe Encantado nao é o namorado mais romântico do mundo que nos cobre de beijos; é o homem que nos puxa o lençol para os ombros a meio da noite para nao nos constiparmos ou se levanta as três da manhã para nos fazer um chá de limão quando estamos com dores de garganta. Não é o que nos compra discos românticos e nos trauteia canções de amor no voice mail, é o que nos ouve falar de tudo, mesmo das coisas menos agradáveis.

Nao é o que diz Amo-te, mas o que sente que talvez nos possa amar para sempre.

O Príncipe que sabe o que quer, não é o melhor namorado do mundo; o marido mais porreiro do mundo, porque não é o que olha todos os dias para nós, mas o que olha por nós todos os dias.
Que quando está cansado fica em silêncio, mas nunca deixa de nos envolver com um sorriso. O Príncipe é um Príncipe porque governa um reino, porque sabe dar e partilhar, porque ajuda, apoia e nos faz sentir que somos mesmo muito importantes.
...
Claro que com tantos sapos no mercado, bem vestidos, cheios de conversa e tiradas poéticas, como é que não nos enganamos?
É fácil.
Primeiro, é preciso aceitar que às vezes nos enganamos mesmo.
E depois, é preciso acreditar que um dia podemos ter sorte.
E como o melhor de estar vivo é saber que tudo muda, um dia muda tudo e ele aparece.
Depois, e só deixá-lo ficar um dia atrás do outro... e se for mesmo ele, fica."

M.R.P.
(Para ti, J.)
...

será karma?!!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Dizem por aí...

...que os melhores momentos são aqueles que não são planeados. Pois eu, concordo!
O que era suposto ser apenas um cafezinho rápido para "dar um olá" acabou por se tornar numa tarde bastante agradavel. Diria até, uma tarde como há muito não acontecia.
Uma tarde a passear na praia, uma conversa muito interessante e animada.


E pronto, não vale a pena pensar muito, fazer muitos planos, porque o que tiver que acontecer, acontece.. mais cedo ou mais tarde!

sexta-feira, 30 de novembro de 2012



ultimamente tem sido, basicamente, isto!
Um frio do caraças


Serei só eu que já estou farta de frio e de chuva? Não dá para ser ou chuva ou frio? As duas coisas ao mesmo tempo é que não!!
E o inverno ainda nem chegou. Este ano isto promete...

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

música para os meus ouvidos


"A gente tem o direito de deixar o barco correr.
As coisas se arranjam...
não é preciso empurrar com tanta força."

Clarice Lispector

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Sinto que tenho de pedir desculpa.
Porque, no fundo, não ando a viver, tenho andado a passar pela vida.
Vou ali atirar-me de cabeça em busca de dias melhores e já volto.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Há uma frase de Nietzsche que diz 

"Odeio quem me rouba a solidão, sem me oferecer verdadeira companhia" - e isso, realmente, diz tudo.

 

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Um dos momentos altos do fim de semana


há quem tenha chamado "sorte do caraças", que até foi, mas também se pode chamar a estrelinha de campeão!!!

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Coisas que me irritam #1

Atrasos.

Pessoas que não têm qualquer noção do que é ser pontual seja em que contexto for. Tenho dito
I miss this...


não é propriamente de fazer o aviãooooo, mas saudades do amor.
Saudades da troca de mensagens, da troca de mimos. 
Saudades de ter alguém com quem rir, com quem andar de mão dada e abraçada.
Saudades das partilhas do dia a dia, saudades das conversas, das discussões e saudades das pazes.
Saudades de dormir em conchinha, saudades dos filmes e músicas lamechas.
Saudades dos dias em que não me importava de não ter nada para fazer desde que estivessemos juntos.
No fundo, saudades de estar apaixonada. 
Diz que para isso devemos estar, acima de tudo, bem connosco próprias. Bem, não é o meu o caso. 
Por isso, antes de me atirar de cabeça seja para o que for vamos lá arrumar esta cabecinha e este coração em gavetas muito organizadas, tipo tudo por cores, e deixar estar no meu canto e acreditar que quando menos esperar terei de volta não só isto mas muito mais.

No fundo, tudo a que tenho direito... ohhh se tenho!

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Não é o que dizem?

"Se Maomé não vai à montanha, vai a montanha a Maomé".

Pois bem, foi o que fiz. Vamos ver se resulta ...

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

As vantagens de viver sozinha

Quem vive sozinha normalmente gosta. Senão, vejamos:

  • tem a casa toda para si;
  • pode pôr e dispor das coisas como bem entender;
  • limpa o que suja;
  • pode lá enfiar quem quiser, as vezes que quiser sem ter que dar satisafações;
  • não precisa de se preocupar com a divisão de espaços, seja na cozinha, seja na casa de banho.
  • basicamente quer, pode e manda.
No fundo é só vantagens, certo?

Mas e quando estamos doentes, que mal nos seguramos de pé, quem trata de nós?

É, também não gostei.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Sem inspiração ...

Já devem ter reparado que não ando nos meus melhores dias. Nem de perto, nem de longe.
Eu própria tenho dificuldade em me reconhcer.
Onde está aquela pessoa alegre, sempre de "tacha arreganhada", divertida, bem disposta, normalmente de bem com a vida?

Onde está aquela pessoa que acredita que há coisas que  acontecem na nossa vida porque tinha que ser? Aquela pessoa que acredita que serão essas coisas que nos vão ensinar, que nos vão tornar mais fortes, mais humanas, mais orgulhosas de nós mesmas?

Pois é, nem eu sei.

Eu que, apesar de tudo, consigo ver sempre uma razão positiva para determinada coisa acontecer. Que há sempre algo de bom a aprender com o que se passa de menos bom na vida, mas nos últimos tempos, essas coisas menos boas têm sido demasiadas coisas.

Apesar de ter um percurso de vida, vá, digamos diferente, da maioria das pessoas, nunca fui pessoa de passar a vida a queixar-me ou lamentar-me ou sequer, ter pena de mim mesma. Pelo contrário! 

Nunca me conformei com algumas realidades na minha vida e o que sempre tentei fazer, foi "dar volta por cima" e tentar fazer que essa realidade mudasse. Custasse o que custasse. E consegui!

Não só consegui ter orgulho em mim mesma, na mulher que me tornei, como tornar-me numa pessoa de admirada pelas pessoas que comigo convivem.

Por isso, só peço que esta fase negra, que atravesso há já demasiado tempo, passe logo, e eu volte aos meus dias de risada, de parvoíce e de infantilidades.
Como já li agumas vezes, "Já que vamos ter de ter rugas, que seja de tanto sorrir".



segunda-feira, 19 de novembro de 2012

A "papa séries"

euzinha!
Este fim de semana foi um fartote.. Só no sábado uma temporada inteirinha de uma série; 22 episódios de rajada. Só parei para ver o meu F C Porto e bem que valeu a pena!!
Pelo menos durante aquelas horas desliguei-me de tudo. Esqueci-me dos meus problemas, do caos em que a minha está.
Não é a solução ideal, mas foi a possível.

como eu queria acreditar ...


sexta-feira, 16 de novembro de 2012

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Conselho do dia

Pensar muito bem, tipo duas ou mais vezes, antes de revelar coisas a nosso respeito seja em que circunstâncias for.
Very important!!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Isso é que era ...



Voltei

Após uma semana em modo "retiro espiritual", aqui estou eu: fresca e fofa!!
Foi uma semana cheia de emoções. Houve de tudo!
Coisas boas, coisas muito boas, coisas más e coisas muito más MESMO.
Mas já passou, tanto o bom como o mau.
Toca a seguir a minha vida.. pra frente é que é o caminho!!

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Recomeça...

... se puderes, sem angústia e sem pressa e os passos que deres, nesse caminho duro do futuro, dá-os em liberdade, enquanto não alcances não descanses, de nenhum fruto queiras só metade"

Miguel Torga

Faz todo o sentido hoje, e sempre!

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

sábado, 3 de novembro de 2012

Eu até dizia alguma coisa

mas a desilusão é tão grande que não me apetece.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

terça-feira, 30 de outubro de 2012

My best friend is back

confesso que já tinha saudadinhas dela,é um facto. Mas sol, calor e praia é mais a minha onda!
Ainda falta muito para o Verão??!!

sábado, 27 de outubro de 2012

Today... is my Day

 


Party in the house!!!


P.S: Hoje vou tentar esquecer tudo o que é preocupações, problemas e tudo o que me deixa tão em baixo e sem vontade de fazer nada. E acreditem que, ultimamente, são mais as coisas que me deitam abaixo do que ao contrário. Neste dia quero desfrutar dos mimos e da companhia de quem gosta de mim. Amanhã também é dia e cá estarei para "ir à luta". Baixar os braços não é para mim.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Hoje a tarde vai ser ...

... de arrumações aqui no estaminé.
Guardar as roupinhas de Verão e pôr à mão as roupas de Inverno bahhhh
Separar roupa que ja não visto e deixar de parte para poder fazer chegar a quem precisa... não só porque estamos em crise, mas porque é sempre tempo de ajudar. E o que a mim já não me serve, poderá ser útil a outras pessoas.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Sempre a pensar na linha...
 
e para tornar este dia produtivo resolvi passar a tarde a fazer um bolo de chocolate!


Podia ter-me dado para pior, não acham?

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Desculpem a falta de delicadeza...


mas a avaliar pelo tamanho da "póia" que pisei ontem à noite, é hoje que me sai o euromilhões!!
Uma coisa que eu já devia saber ...


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

A história de um passarinho e do gato que não o ensinou a voar ...

"Era uma vez um passarinho preguiçoso. Tão preguiçoso que não quis migrar como todos os da sua espécie faziam. Optou por ficar no mesmo ramo, na mesma árvore de sempre. Quando o Inverno chegou, fez tanto frio que ele caiu congelado no chão.
Por sorte, uma vaca ia a passar e, tocada pelo sofrimento do pobre animal, deu dois passos em frente e c*gou-lhe mesmo em cima, deixando-lhe apenas a cabeça de fora. Poucos minutos volvidos e o calor proveniente da bosta da vaca permitiu que o passarinho descongelasse que, muito vaidoso, começou a cantar.
Porém, um grande, gordo e guloso gato, alertado pelo canto do passarinho, aproximou-se e apressou-se a tirá-lo do meio da bosta. O passarinho, todo contente, limpou alguns restos que ainda tinha nas suas penas e quando se preparava para agradecer, o gato engoliu-o de uma só vez.
Moral da história: Nem sempre quem te põe na merda te quer mal, nem quem te tira da merda te quer bem. Sempre que te sentires confortável, mesmo que estejas na merda… bico calado!"

H.B.
Este texto "roubei" a um amigo meu. Li e não consegui deixar de partilhar com vocês. É uma boa dica, sem dúvida.

sábado, 20 de outubro de 2012

...
sabem aquela sensação estranha do acho que "vou meter o pé na poça".. pois é. Cheira-me!!

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Ouvi por mero acaso e amei


Banda sonora ideal para tardes de chuva
Hoje foi dia de rever pessoas que me são muito queridas.
Pessoas que em tempos foram muito importantes, e que apesar de longe, continuam muito presentes na minha vida.
Gosto de ver que estão bem e felizes, e que a vida corre bem... apesar de tudo.

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Ainda sobre o post anterior...

quando disse que ia tentar ter um dia produtivo, apesar da chuva, não tinha que ser necessariamente, gastador.
Uma pessoa vai ao centro comercial dar uma volta, consolar as vistinhas e quando dá conta, está nos provadores rodeada de roupa e no fim gasta um dinheirão.
Temos pena!
A menina estava triste e, confesso, vim mais feliz e de bem com a vida.
Chamem-me fútil, eu mereço!
Com este tempo, é o que apetece ...


mas, prometo sair de casa e tornar este dia mais ou menos produtivo!! lol

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Farta de falsas promessas

Afinal ainda não desta que me ligaram, conforme tinham dito.
Começo a achar que realmente, fazer uma simples chamada deve custar uma fortuna... ou então "a palavra" já não têm qualquer significado para esta gente.

sábado, 13 de outubro de 2012

Shhh ...

Time to stop talking and start listening!!

quem me conhece sabe que para mim isto não é fácil :)

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Dia D

Hoje é o dia. 
Deus faz com que este dia passe rápido, rápido e o telemóvel toque para dar aquela notícia que há tanto tempo eu espero.

Serenidade, precisa-se!

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Quando nos Apaixonamos

"Quando nos apaixonamos, ou estamos prestes a apaixonar-nos, qualquer coisinha que essa pessoa faz – se nos toca na mão ou diz que foi bom ver-nos, sem nós sabermos sequer se é verdade ou se quer dizer alguma coisa — ela levanta-nos pela alma e põe-nos a cabeça a voar, tonta de tão feliz e feliz de tão tonta. E, logo no momento seguinte, larga-nos a mão, vira a cara e espezinha-nos o coração, matando a vida e o mundo e o mundo e a vida que tínhamos imaginado para os dois. Lembro-me, quando comecei a apaixonar-me pela Maria João, da exaltação e do desespero que traziam essas importantíssimas banalidades. Lembro-me porque ainda agora as senti. Não faz sentido dizer que estou apaixonado por ela há quinze anos. Ou ontem. Ainda estou a apaixonar-me.

Gosto mais de estar com ela a fazer as coisas mais chatas do mundo do que estar sozinho ou com qualquer outra pessoa a fazer as coisas mais divertidas. As coisas continuam a ser chatas mas é estar com ela que é divertido. Não importa onde se está ou o que se está a fazer. O que importa é estar com ela. O amor nunca fica resolvido nem se alcança. Cada pormenor é dramático. De cada um tudo depende. Não é qualquer gesto que pode ser romântico ou trágico. Todos os gestos são. Sempre. É esse o medo. É essa a novidade. É assim o amor. Nunca podemos contar com ele. É por isso que nos apaixonamos por quem nos apaixonamos. Porque é uma grande, bendita distracção vivermos assim. Com tanta sorte."


Miguel Esteves Cardoso, in 'Jornal Público (14 Fev 2012)'

segunda-feira, 8 de outubro de 2012



Digam lá que o meu sobrinho não é um exemplo para qualquer homem não só deste país mas de qualquer parte do mundo :)



sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Amanhã, quer dizer, daqui a uma horas é dia de regressar ao Porto para matar saudades.
Desta vez levo 2 amigos para conhecer a minha cidade do coração.
Espera-se um fim de semana muito animado e acima de tudo, muito bem passado.
Conto com a ajuda e companhia de 2 amigas ... isto promete.


A ver vamos se "os converto"

quinta-feira, 4 de outubro de 2012



é o que vou tentar fazer a tudo aquilo que nada me acrescenta e não me faz bem. Isto ultimamente têm sido só surpresas... ou não!

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Por estes lados...

   queimam-se os últimos cartuchos ... Tão bom!!!

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Porquê

que o conceito de "cortar as pontas" não é o mesmo para nós e para a cabeleireira?

Vou só ali recompor-me, sim?

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

 É triste ...

quando percebemos que não somos tão importantes para as pessoas como elas são importantes para nós. 
Como toda a gente, gosto que gostem de mim. 

Fico contente quando as pessoas de quem gosto, apesar de me conhecerem há pouco tempo, se identificam comigo e reconhecem em mim qualidades e valores que me deixam feliz e muito orgulhosa por ser a pessoa que sou. 

Com o tempo e com a convivência vamo-nos afeiçoando a essas pessoas, como é natural (pelo menos para mim) e só queremos mantê-las por perto. Custe o que custar!

Seja porque gostamos delas, porque nos são querida ou porque sentimos que gostam de nós e de alguma forma poderíamos contar com elas para o que der e vier. A verdade é que isso nem sempre acontece.

Tento fazer o correcto e o acho que deve ser feito. Se quero que me procurem eu procuro. Se quero que se preocupem, eu preocupo-me e procuro sempre ajudar nem que seja mostrando a minha preocupação.

Pelos visto isso não chega, ou então, isso não é importante.

Mais do que triste, sinto-me uma tontinha e ingénua porque acreditei no que me disseram em tempos. Fico desiludida por aquelas palavras que eu ouvi não terem passado disso mesmo, palavras. 

Dou muito valor às palavras. Eu própria sou uma pessoa de palavra e tento sempre ser coerente naquilo que digo e cumprir aquilo que prometo. 

Mas confesso, mais do que gostar das palavras eu gosto de gestos e atitudes e, neste momento, só eu sei como gostava de estar enganada. 



Um conselho importante

se não vais cumprir... não prometas.

Apenas isto!

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A Casa da Cusquice

Pronto, eu confesso. Eu vejo a Casa dos Segredos!
Não é uma coisa de que me orgulhe, ali não se aprende nada, mas confesso que me farto de rir. 
Pelo menos, durante aquele bocado, eu consigo esquecer os meus problemas e só dou graças, porque afinal há gente bem pior que eu loool.
Aquilo foi tudo escolhido a dedo, é cada um pior que o outro. 
Quase todos são do Porto e/ou arredores ... e o que eu adoro aquele sotaque, as saudades que eu tenho do meu Porto, mas meu Deus a imagem que passa é que é tudo uma cambada de azeiteiros. Mas olhem que não é, de todo, verdade! 
No Porto há muita gente gira e gente muito interessante, mas num programa destes, já se sabe ...citando o afinfador de serviço "o povo quer canal" e a TVI faz o que pode.


Ainda a propósito do post anterior



quero continuar a envelhecer assim, de-va-ga-ri-nho e quando for "grande" quero ser como ela... tirando a parte de ser loira!

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

coisas que nós mulheres gostamos de ouvir...

... mas tu não envelheces?

isto quando estou a 1mês de fazer anos  hihihi
É o pânico!!!

a avaliar pela quantidade de cabelo que me tem caído nos últimos tempos, estou com peladas ou careca não tarda nada, nada.
Dizem que é normal com a praia, lavamos mais vezes o cabelo e a raíz não tem tempo para secar completamente o que vai enfraquecendo a raiz e dar origem à queda do cabelo.
Já ando a lavar o cabelo com um shampô próprio para a queda, mas a questão que se coloca é : Será que isto faz mesmo alguma coisa ou é só mais um pretexto para gastarmos 3 vezes mais dinheiro num shampô que faz o mesmo que os outros do hipermercado.

 Alguém conhece este produto?
 Esperar para ver!

terça-feira, 25 de setembro de 2012




tem dias que penso exactamente o mesmo :)
Abomino...

homens casados, com filhos a atirar o barro à parede a ver cola. 
Se soubessem a figura que fazem... GOD!
Não há paciência.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Meu Deus, pequei!


Não sei o que me deu, nem que criatura se apoderou de mim... mas consegui comer um bolo de chocolate sozinha, em dois dias ... não me sinto muito bem :)
Hoje ouvi isto no MEO Out Jazz... gostei tantoooo


domingo, 23 de setembro de 2012

:)

"Quero te dizer que muito mais importante que ter alguém é ter paz. Muito mais importante que ter alguém é saber lidar com você mesma. É se gostar, se curtir, se suportar, se superar todo dia… Muito mais importante que ter alguém é estar todo dia verdadeiramente apaixonada pelo “alguém” mais importante da sua vida: você mesma."


Clarissa Corrêa

sábado, 22 de setembro de 2012


diz que ontem começou o outono! Por mim, pode continuar assim mais uns tempos
Quando o telemóvel toca...

e do outro lado está uma pessoa que não estamos minimamente à espera?
Uma pessoa que me conhece há anos, cresceu comigo, e que vive por Lisboa a convidar-me para uma festa!
Sabe que estou "sozinha"em Lisboa e que os últimos meses não têm sido os melhores.
Gostei da surpresa e, sobretudo, de se ter lembrado de mim.
Eu vou!

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Quem não chora, não mama

Parece que vou frequentar uma acção de formação!!!
Ao contrário do que aconteceu com a outra entidade, que até hoje não tive qualquer resposta ou feedback, nesta a pessoa com quem troquei emails foi  muito simpática e sempre muito prestável. Em 2 dias tratei de tudo e em 2 dias tive as respostas que precisava.
E estou a falar de uma entidade que pertence ao estado. Mas ainda bem!
É bom saber que afinal ainda há coisas que funcionam e não é só "para inglês ver".

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

O regresso

Confesso que ja tinha saudades ... a Liga dos Campeões está de volta e o meu FCPorto portou-se lindamente. Não podia ter começado melhor.
Não sei porquê, mas este ano estou com aquela "fesada".
Vamos lá mostrar como se faz :P
Será?


como diz o outro ... "vale a pena pensar nisso"

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Use a imaginação

 "O bom de uma pessoa se apaixonar é sentir que entra em renovação. O mal de uma pessoa se apaixonar é saber que, mais tarde ou mais cedo, o estado de graça passa a um estado menos engraçado, o qual pode ir do tédio à desgraça total. Mas, até lá, é como diz a sabedoria popular: enquanto o pau vai e vem, folgam as costas.


Há pessoas que se apaixonam várias vezes por ano, outras que só se apaixonam uma ou duas vezes numa década, outras ainda que só se apaixonaram uma vez na vida e algumas, as mais tristes, que nunca se apaixonaram. E há ainda aquelas pessoas que estão sempre apaixonadas, como se o amor fosse uma droga dura. E é.

Por isso é muito frequente que toxicodependentes em pleno programa de recuperação se apaixonem. As drogas criam dependência, o amor também. As drogas dão às pessoas momentos de felicidade e de bem estar, o amor também. A privação dá grandes ressacas e um desgosto de amor também. Demora-se mais tempo a esquecer do que seria desejável. As nossas células não são racionais nem passíveis de lavagens cerebrais.
É uma dor que fica no peito e que dói e que dura.
Mas um dia passa. E quando passa, podemos começar tudo outra vez do zero: o desgoverno dos batimentos cardíacos, as palmas das mãos suadas, a garganta seca, a falta de sono e de apetite e uma vontade imensa de conquistar o mundo. As mensagens parvas, os emails apaixonados, carregados de MP3 para cada momento, estradas e rotas, aviões, carros e comboios que são como asas do nosso desejo e as cores do mundo mais nítidas sob o nosso olhar enfeitiçado.
O estado de graça pode ser temporário, mas a memória é eterna e será sempre perfeita. É preciso acreditar como da primeira vez, é preciso confiar, é preciso pensar que a tal pessoa certa para nós existe mesmo e que todos podemos ter sorte na vida.
É claro que não há receitas mágicas, mas manter o espírito aberto, o optimismo e o romantismo ajudam à festa. E depois, é como na cozinha, use a sua imaginação.
Doses q.b. de sal e pimenta, de açúcar e de ovos, de mimo e de respeito, de cama e de conversa, de profundidade e de risota, de amor e de humor, de desejo e de paz.

Dá trabalho, mas também dá prazer.
E quem corre por gosto nunca se cansa, mesmo quando pensa que já não consegue correr. Consegue sempre, basta querer."

M.R.P.
Este texto já é bastante antigo, mas confesso que gosto e gosto de o reler semre que posso. Achei que também podiam gostar, daí estar a partilha-lo aqui com vocês :)

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Ufaaa c'alibio!

Só para dizer que o meu "amiguinho" se portou muito bem na oficina. 
Check up feito e está lindo e saudável como se quer.
Lindo menino!!
MEDO

A esta hora o meu bólide está na oficina a fazer a revisão.
Só de pensar que ele se pode armar ao pingarelho e pregar um susto, fico doente.
A rezar até a hora de o ir buscar!


"It isn't really our choices that distinguish who we are. It's our commitment to them"
Emily Thorne


domingo, 16 de setembro de 2012

Um fim de semana como se quer ...

 @ Bairro, Velha Senhora


 @ Urban



noite de copos, conversa e dançar até de manhã. Já não me lembro da última vez que isto aconteceu. Hoje foi dormir na praia :P
Aproveitar os últimos dias de Verão e aproveitar enquanto ir à praia ainda não se paga imposto! 
Ah, o fim de semana começou na 6ª feira com um jantar e uma saída com uma pessoa que me é muito querida, mas que, com muita pena minha, não ficou regsistado em foto :(