sábado, 29 de dezembro de 2012

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

A panicar...

é assim que me tenho sentido nos  últimos dias.
Passados quase 7 meses voltei, finalmente, a ter emprego.
O facto de ser temporário não é coisa que me agrade particularmente, mas nos tempos que correm é bem melhor do que continuar em casa a estupidificar.
Por isso, conseguem imaginar como têm sido os meus dias...
Ele é empresa nova, colegas novos, novos procedimentos, novas funções, e basicamente os meus dias têm sido a tentar absorver tudo e mais alguma coisa. Aproveitar enquanto a pessoa que vou substituir temporariamente me passa toda a informação. 
O medo de falhar, é um pensamento que me aterroriza. No entanto, a vontade de dar o meu melhor é bem maior do que o medo de falhar.
Confesso que o facto de o ambiente ser muito bom, me tem ajudado imenso na integração.
Estranhamente, num departamente onde a maioria das pessoas são mulheres, à primeira vista, repito, à primeira vista, dão-se todas bem.
Os próximos dias não vão ser fáceis uma vez que estamos a trabalhar para o fecho do ano, mas o facto de me sentir de novo útil compensa qualquer sacrifício.
Mas isso já vocês imginam!

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Back to reality

Pois é, o que é bom acaba depressa!
Uns dias no Porto para matar saudades dos amigos e da família.
Foi tempo de pôr a conversa em dia e de, finalmente, dar boas notícias. Assim, até dá mais prazer. 
 
Estou como nova!!


sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

O meu Pai Natal

chegou mais cedo e deixou-me no sapatinho o presente que eu mais queria: emprego.
Que mais posso eu querer?
Obrigada Pai Natal e ao meu Anjo da guarda (eu sei que estás sempre a olhar por mim).
Entretanto vou só ali até ao Porto passar uns dias e aproveitar para encher de mimo o sobrinho mai lindo do mundo!

Beijinhos e um Feliz Natal!!

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Sorrir sempre, algo que se aprende com a idade :D


 e que deixa os outros baralhados!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Sim, eu sei ...


é muita preseunção da minha parte, mas tem dias que eu acho isto mesmo. Cada vez mais tenho real noção do meu valor enquanto pessoa e, sobretudo, enquanto mulher. É por isso que sinto imenso orgulho em mim mesma e pelo que vejo, pertenço a uma espécie em "vias de extinção". Como dizia o outro, se eu não gostar de mim, quem gostará?

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Mais uma moedinha..

... mais uma voltinha!
Bem, hoje é dia de mais uma entrevista... a ansiedade é muita e os nervos vão aumentando à medida que a hora se aproxima.
Digo sempre que a entrevista é só uma entrevista e vale o que vale mas,  inevitavelmente, a expectativa existe e depois é apenas mais uma desilusão.
Espero que desta vez, me engane.

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Wise words

 "Pois lembre-se de que é quase impossível ter gestos suaves quando a alma está rígida."

(Clarice Lispector) 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

I got a real good feeling about 2013!


apenas isto. Aquela sensação due depois de um ano tão mau, tão mau .. o que me espera só pode ser um ano em cheio. Em todos os aspectos. É como diz aquele ditado: "sempre que choveu, parou"! Pois bem, eu já ando à procura do protector solar.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Desabafo


Enquanto uns pensam no fim do mundo eu cá prefiro pensar assim
O que acham? Bem melhor, não?

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Sim, eu confesso ...

sou uma tia babada e quanto a isso não há nada a fazer.
O meu sobrinho F. está um espetáculo.
Come que se farta, dorme que se farta, brinca que se farta e está um fala-barato. Repete tudo o que ouve, pena é que seja num dialecto que só ele percebe... mas já é um começo! E eu... bem, eu estou cada vez mais babada com este meu piqueno princípe.
Todos os dias recebo fotos e videos do pirata e como se fosse possível, o meu amor por ele é cada vez maior. É uma coisa que não se consegue explicar, mas é tão bom ...

Sem dúvida, das melhores coisas da vida!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Lazy sunday

se pudesse, era assim que eu passava o meu dia. Isto sim, é qualidade de vida!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Não sei se é da idade...

mas começo a deixar de acreditar em coincidências e começo a achar que são sinais...

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Ainda há Príncipes Encantados ... 

" ... A pessoa certa não é a mais inteligente, a que nos escreve as mais belas cartas de amor, a que nos jura a paixão maior ou nos diz que nunca se sentiu assim. Nem a que se muda para nossa casa ao fim de três semanas e planeia viagens idílicas ao outro lado do mundo.

A pessoa certa e aquela que quer mesmo ficar connosco. Tão simples quanto isto.
Às vezes demasiado simples para as pessoas perceberem.

O que transforma um homem vulgar no nosso príncipe é ele querer ser o homem da nossa vida. E há alguns que ainda querem.

Os verdadeiros Príncipes Encantados não têm pressa na conquista porque como já escolheram com quem querem passar o resto da vida, têm todo o tempo do mundo; ouvem-nos com atenção e carinho porque se querem habituar à música da nossa voz e entram-nos no coração bem devagar, respeitando o silêncio das cicatrizes que só o tempo pode apagar.
Podem parecer menos empenhados ou sinceros do que os antecessores, mas aquilo a que chamamos hesitação ou timidez talvez seja apenas uma forma de precaução para terem a certeza que não se vão enganar.

O Príncipe Encantado nao é o namorado mais romântico do mundo que nos cobre de beijos; é o homem que nos puxa o lençol para os ombros a meio da noite para nao nos constiparmos ou se levanta as três da manhã para nos fazer um chá de limão quando estamos com dores de garganta. Não é o que nos compra discos românticos e nos trauteia canções de amor no voice mail, é o que nos ouve falar de tudo, mesmo das coisas menos agradáveis.

Nao é o que diz Amo-te, mas o que sente que talvez nos possa amar para sempre.

O Príncipe que sabe o que quer, não é o melhor namorado do mundo; o marido mais porreiro do mundo, porque não é o que olha todos os dias para nós, mas o que olha por nós todos os dias.
Que quando está cansado fica em silêncio, mas nunca deixa de nos envolver com um sorriso. O Príncipe é um Príncipe porque governa um reino, porque sabe dar e partilhar, porque ajuda, apoia e nos faz sentir que somos mesmo muito importantes.
...
Claro que com tantos sapos no mercado, bem vestidos, cheios de conversa e tiradas poéticas, como é que não nos enganamos?
É fácil.
Primeiro, é preciso aceitar que às vezes nos enganamos mesmo.
E depois, é preciso acreditar que um dia podemos ter sorte.
E como o melhor de estar vivo é saber que tudo muda, um dia muda tudo e ele aparece.
Depois, e só deixá-lo ficar um dia atrás do outro... e se for mesmo ele, fica."

M.R.P.
(Para ti, J.)
...

será karma?!!

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Dizem por aí...

...que os melhores momentos são aqueles que não são planeados. Pois eu, concordo!
O que era suposto ser apenas um cafezinho rápido para "dar um olá" acabou por se tornar numa tarde bastante agradavel. Diria até, uma tarde como há muito não acontecia.
Uma tarde a passear na praia, uma conversa muito interessante e animada.


E pronto, não vale a pena pensar muito, fazer muitos planos, porque o que tiver que acontecer, acontece.. mais cedo ou mais tarde!